Sindicato dos Técnicos Superiores, Assistentes e Auxiliares da Educação da Zona Norte
Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2013
Formação profissional

Reunião da FNE com MEC sobre o Pessoal Não Docente sobre formação profissional

 

No dia 20 de fevereiro, uma delegação da FNE, constituída por Carlos Guimarães, Cristina Ferreira e Paulo Amadeu, reuniu-se com o MEC, representado na reunião pela Dra. Susana Castanheira, adjunta do Gabinete do Secretário de Estado do Ensino e Administração Escolar, pelo Dr. José Diogo, adjunto do Gabinete do Secretário de Estado do Ensino e Administração Escolar e pela Dra. Aida Castilho, directora da Direcção de Serviços de Gestão de Recursos Humanos e Formação da DGAE.

 

A reunião foi marcada no seguimento do envio de uma proposta da FNE relativa à formação profissional para técnicos superiores, assistentes técnicos e assistentes operacionais da educação.

 

O MEC começou por agradecer o envio célere das propostas e solicitou uma breve apresentação das mesmas.

 

A FNE fez uma breve retrospetiva da evolução da formação profissional, realçando a necessidade que temos em aproveitar os recursos humanos que temos, como por exemplo os professores sem componente letiva, os quais poderiam dar essa formação, desde que fossem acreditados por parte da direção geral.

 

A FNE chamou a atenção para a formação profissional que pode ser dada através dos centros de formação dos sindicatos.

 

Outro dos aspetos salientados pela FNE foi a necessidade de se conciliar a actividade corrente das escolas com a ida dos funcionários às ações de formação, assim como o facto de ser necessário fazer uma avaliação destas.

 

A FNE entende que com formação profissional as escolas irão desenvolver a sua atividade com muita mais facilidade e com muito melhores resultados, mas para isso é necessário que seja dada formação nas áreas de organização administrativa, contabilidade e direito.

 

O MEC salientou e concordou com a proposta de utilizar os recursos já existentes, já que nesta altura os recursos financeiros são escassos.

 

O MEC comunicou que já identificaram o domínio prioritário a ser desenvolvido nas ações de formação a curto prazo, o qual será a disciplina e ética dos alunos, a iniciar ainda neste ano lectivo, e que deverá ocorrer nas pausas letivas ou em horário pós-laboral.

 

O MEC informou também que está a ser criada uma ferramenta para a gestão do registo biográfico dos professores, mas ainda não sabem se irão efetuar alguma ação de formação sobre a utilização dessa ferramenta ou se irão apenas fazer um “roadshow” explicativo.

 

O MEC explicou que existem duas vertentes a desenvolver, as iniciativas a curto prazo e as iniciativas a médio/longo prazo, sendo que nestas últimas enquadra-se a revisão do regime jurídico da formação contínua para os profissionais da educação.

A FNE alertou ainda para a necessidade de se fazer mais formação na área dos alunos com necessidades educativas especiais, já que existe um claro défice neste domínio.

 

A FNE discordou da ideia de que as formações têm de ser dadas em horário pós-laboral, já que, desde que exista uma boa gestão dos recursos humanos das escolas, é possível conciliar o bom funcionamento das escolas com a frequência das ações de formação por parte dos funcionários.

 

A FNE solicitou que o MEC fizesse uma ação de sensibilização para a importância da formação profissional junto dos diretores das escolas, de forma a dinamizar o processo.

 

O MEC concordou com a importância da formação profissional na organização administrativa, contabilidade e direito, e ainda para as formações nas áreas comportamentais.

 

O MEC ficou de informar a FNE assim que houver novidades sobre esta matéria, não ficando para já marcada nova reunião.

 



publicado por staae-zn às 16:10
link do post | comentar | favorito

O STAAE-ZN
pesquisar
 
Dezembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Postal Natal 2018

Jornal Online FNE - Novem...

Lugar ao Sol - Mega Promo...

Mensagem do Presidente no...

Carta aberta a António Co...

A transição dos trabalhad...

Reunião com vários elemen...

Greve dia 26 de outubro 2...

XII CONGRESSO “POR UMA E...

Início Ano Letivo 2018/20...

arquivos

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Junho 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Maio 2017

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

tags

todas as tags

links
:
este blog foi visto por:
contadores
contadores