Sindicato dos Técnicos Superiores, Assistentes e Auxiliares da Educação da Zona Norte
Terça-feira, 21 de Janeiro de 2014
FESAP - Nota de Imprensa

FESAP exige participação dos trabalhadores na gestão

 

Governo impõe aumento da comparticipação para a ADSE

 

A FESAP esteve hoje reunida com o Secretário de Estado da Administração Pública, José Leite Martins, no Ministério das Finanças, em Lisboa, para o que deveria ser uma reunião de negociação mas que acabou por não ser mais do que uma presença para constatar a imposição do aumento da comparticipação para a ADSE dos trabalhadores para 3,5% do seu salário, com o Secretário de Estado a confirmar a ausência de margemnegocial nesta matéria.

Numa altura em que os trabalhadores e os aposentados da Administração Pública estão confrontados com maiores e mais brutais cortes salariais e de pensões, que chegam, em muitos casos, aos 50% de redução, a FESAP considera inaceitável que se proceda a um aumento de comparticipação que, na prática, representa mais uma diminuição salarial.

Os trabalhadores e os aposentados da Administração contribuem atualmente com cerca de 60% das verbas que entram na ADSE, pelo que não faz qualquer sentido que continuem a não ser determinantes na gestão de um subsistema de saúde que é cada vez mais por eles sustentado, à semelhança do que sucede no setor privado, onde os descontos e a gestão dos trabalhadores coabitam com as contribuições das entidades patronais para a proteção social dos seus trabalhadores.

Nesse sentido, a FESAP solicitou ao Secretário de Estado o fornecimento de todos os elementos necessários para que possa ser feito um estudo sério que permita avançar para um modelo de gestão no qual os trabalhadores tenham um papel ativo e determinante.

A FESAP defendeu ainda que a ADSE deve ser aberta aos trabalhadores que desempenham funções públicas mas que se encontram em regime de contrato individual de trabalho, como sejam, por exemplo, os trabalhadores dos hospitais EPE.

Questionado pela FESAP sobre os cortes nos suplementos remuneratórios, matéria sobre a qual o Governo tem insistentemente falado, José Leite Martins referiu, sem querer especificar datas, que pretende avançar com uma proposta em breve, devendo o processo ser concluído seguramente até o final do primeiro semestre de 2014, contando o Secretário de Estado com a participação dos sindicatos.

No encontro de hoje, a FESAP fez ainda questão de pressionar o Governo no sentido de que não atrase o depósito, a assinatura e a publicação dos Acordos Coletivos de Entidade Empregadora Pública (ACEEP) que têm sido celebrados entre o Sindicato e entidades empregadoras públicas de todos os setores, como sejam as câmaras municipais, as juntas de freguesia, a Segurança Social, a DGAEP, entre outras.

 

Lisboa 20 de Janeiro



publicado por staae-zn às 11:23
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 7 de Janeiro de 2014
NOVOS CORTES

 

 

FESAP recusa nova redução de salários e pensões
O Governo anunciou que pretende alargar a base de incidência da contribuição extraordinária de solidariedade (CES) e aumentar as contribuições para a ADSE para compensar o chumbo do Tribunal Constitucional sobre a convergência dos sistemas de pensões.

Trata‐se assim de mais uma inqualificável redução de salários e pensões, contribuindo ainda mais para o empobrecimento dos trabalhadores da Administração pública, reformados e pensionistas.

A FESAP lamenta que este anúncio ocorra após a promulgação do Orçamento de Estado por parte do Presidente da República, documento que contém um conjunto de normas penalizadoras para os trabalhadores da Administração Pública onde, pela primeira vez, os cortes são feitos a partir dos 675 Euros. O Governo vai mais longe e alarga os cortes a mais reformados e pensionistas, reduzindo significativamente os seus rendimentos, procurando corrigir, sempre à custa dos mesmos, os erros do Governo e de política, tudo isto contando com o beneplácito do Presidente da República.

Assim, a FESAP exige que o Governo ponha termo a esta política de ultra‐austeridade que incide quer nos trabalhadores dos serviços públicos, reformados e pensionistas e exorta o Presidente da República a privilegiar o interesse das pessoas em detrimento da política do Governo que só contribui para o desespero generalizado. A FESAP apoia o pedido da UGT para audiências, com carater de urgência, com o Presidente da República, o Provedor de Justiça e grupos parlamentares tendo em vista a fiscalização sucessiva do Orçamento de Estado para 2014, bem como dos projetos do Governo ontem anunciados no Conselho de Ministros.

A FESAP solicitou já com carater de urgência uma audiência ao novo Secretário de Estado da Administração Pública. Estas propostas governamentais assemelham‐se a uma obsessão sobre os trabalhadores da Administração Pública e pensionistas, penalizando‐os duplamente pelo corte e pelo aumento da contribuição para a ADSE, ultrapassando todos os limites, pelo que tudo faremos para lutar contra estas medidas.

 

Lisboa, 03 de janeiro de 2014



publicado por staae-zn às 14:48
link do post | comentar | favorito

O STAAE-ZN
pesquisar
 
Junho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
28
29
30


posts recentes

Congresso XI Staae Zona N...

Conferência de Imprensa c...

FNE convoca greve de Trab...

Jornal online março 2018

Agenda Abril 2018

Informações 1ª de Maio 20...

Convocatória do Congresso...

Vamos celebrar o Teatro

5436 - Liderança e Motiva...

Agenda do dia 24 de março...

arquivos

Junho 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Maio 2017

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

tags

todas as tags

links
:
este blog foi visto por:
contadores
contadores